O bloco central dos interesses a funcionar.  

Quando se trata de dar combate aos poderosos, não faltam os argumentos balofos para os partidos do sistema estarem do mesmo lado. Por isso não é de estranhar que uma iniciativa legislativa do Bloco de Esquerda para controlar os movimentos financeiros para o estrangeiro, a fim de evitar as lavagem do dinheiro em paraísos fiscais, como ainda recentemente aconteceu com o BCP ou o BES, seja reprovada.


3 comentários

  • IDEAL COMUNISTA  
    14 de março de 2008 às 22:46

    Claro, não se estraga o negócio a quem lhes paga!

  • Godzilla  
    17 de março de 2008 às 05:22

    Seria sempre reprovada, quer viesse da esquerda quer viesse da direita.
    Com a maioria absoluta vocês acham que o PS deixaria passar tal proposta?
    Só se fossem doidos.
    O Outro, o Mister Lapin disse ontem que o dia não era de festa. A festa será para o ano no dia das eleições.
    Vocês não vêem que eles já contam com o ovo no cú da galinha. E para azar nosso são capazes de ganhar de novo.

  • Fernando  
    17 de março de 2008 às 13:20

    Caro amigo "Godzilla" o problema é que a direita não apresenta este tipo de propostas porque este é o negócio deles ou dos interesses que servem, como diz e bem o "ideal comunista".

Enviar um comentário