Entregar o ouro ao bandido  

Não me importa absolutamente nada que Sócrates tivesse assinado projectos feitos por outros. Também não entro na discussão se estes procedimentos são pouco éticos. Ou sobre a "qualidade" dos projectos. A ética, a moral, o gosto são domínios complexos. Sócrates ao colocar a sua assinatura passou a ser o responsável por essas obras pelo que, o que me interessa mesmo, é saber se os ditos projectos foram executados ou não em violação de regras urbanísticas.

Tudo o resto é lixo político.

Outra coisa é Sócrates ter arrogado a exclusividade de funções como deputado, para receber o respectivo subsidio e afinal desempenhar outras funções. Isto sim, a ser verdade, é um crime contra o Estado e devem ser aprofundadas as investigações.

Quanto ao resto são considerações de carácter. E quanto ao seu carácter estamos conversados. Uma pessoa sem princípios. E não digo mais nada que possa, eventualmente acrescentar ao meu curriculum, mais uma queixa por crime de difamação.

Apenas lamento que pessoas de esquerda alimentem estas campanhas, oferecendo a Sócrates o papel de vítima, de ataques pessoais e baixa política (e são muitos) permitindo-lhe, habilmente, associar uma relação conexa com outras, essas sim, graves, oferecendo-lhe em bandeja de prata a escapatória e passar de vilão a pessoa injustamente perseguida.

Entretanto, talvez nos esqueçamos das graves denúncias de corrupção, feitas por António Marinho, sobre certa classe política e empresarial.


4 comentários

  • josé manuel faria  
    2 de fevereiro de 2008 às 20:02

    Discordo em absoluto do teu post, Fernando.

    O PM não pode parecer sério tem de o ser.

  • Pata Negra  
    2 de fevereiro de 2008 às 21:12

    Concordo em absoluto. Apenas um senão, evitava de vir dizer que nunca o faria porque é íntegro de mais para isso: quase de certeza que o fez e quanto a integridade já sabemos o que a casa gasta.
    No que toca a exclusividades, se o fez, tem um caminho, aproveite e faça aquilo que, para bem do país, já devia ter feito há muito: DEMITA-SE!
    De qq forma Fócrates sode-nos sempre!
    Um abraço em todos os sentidos

  • Helena  
    2 de fevereiro de 2008 às 23:40

    Esse homen (Socrates) ainda ta no governo ?
    A vergonha ainda não lhe bateu a porta ?

    Um beijinho

  • Fernando  
    4 de fevereiro de 2008 às 22:32

    José Manuel: Qualquer um de nós tem de ser sério e embora alguém como um Primeiro-Ministro tenha responsabilidades acrescidas, não creio que seja boa política, atacar com coisas que foram e são práticas comuns a muitos engenheiros civis. O combate político não passa por aí.

    Pata Negra: Essas afirmações de Sócrates são reveladoras de uma personalidade fraca.

    Helena: E assim continuará até 2009 se não voltar a ganhar outra vez as eleições. O que é o mais certo.

Enviar um comentário